Principal > Unifap e UFPA celebram acordo que prevê capacitação docente - 02/07/2018 - 1743601 - JACQUELINE FREITAS DE ARAUJO

Unifap e UFPA celebram acordo que prevê capacitação docente

Fortalecer o quadro docente da Universidade Federal do Amapá (Unifap) e, consequentemente, a qualidade do ensino, pesquisa e extensão, é o objetivo do acordo de cooperação firmado entre a Instituição e a Universidade Federal do Pará (UFPA). Pelos termos previstos no documento, os professores da Unifap terão vagas especiais reservadas nos cursos de doutorado nos programas de pós-graduação da universidade paraense.  

Dados apresentados pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes), na última reunião com pró-reitores de pesquisa e pós-graduação, mostraram que a Unifap obteve, nos últimos cinco anos, o maior índice de novos titulados (doutores) em relação a todo o Brasil. Um aumento de 400%. 

“Essa parceria firmada hoje vai colaborar para ampliar esses índices. Nós temos, há muitos anos, a UFPA como referência na região. Então, firmar esse acordo é um ganho para todos nós”, avaliou a pró-reitora de pesquisa e pós-graduação da Unifap, Helena Simões. Atualmente, a UFPA tem 6 mil alunos matriculados em programas de pós-graduação stricto sensu (mestrado e doutorado). São 45 mil acadêmicos de graduação espalhados por 12 campi no estado do Pará. 

O pró-reitor de pesquisa e pós-graduação da UFPA, Rômulo Angélica, ressaltou o compromisso social da universidade paraense com os estados da Amazônia. “Vejo com muito bons olhos esse tipo de cooperação, como perspectiva maior de fixar mão de obra em nossa região que ainda é carente de pessoal qualificado. Isso é fundamental. As assimetrias entre o norte e as demais regiões ainda são muito evidentes”, avaliou.  

A reitora Eliane Superti ressaltou a qualidade dos programas de pós-graduação e de ensino da UFPA e lembrou que a Unifap nasceu a partir de um polo da mesma no antigo Território Federal do Amapá. “Nós não consolidaremos a Unifap como uma universidade com protagonismo social se não houver um forte compromisso com a pesquisa de pós-graduação, bem como ensino e extensão”, ressaltou a reitora Superti.  Atualmente, a Unifap possui 636 docentes; destes, 224 são doutores, o que significa que dois terços dos professores da Instituição são graduados, especialistas e/ou mestres.

  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 6
  • 7