Principal > Unifap publica edital do Vestibular 2015 - 26/11/2014 - 1126189

Unifap publica edital do Vestibular 2015

Já está disponível no site do Departamento de Processos Seletivos e Concursos da Universidade Federal do Amapá (Depsec/Unifap) o edital do Processo Seletivo via Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). O documento dita as regras para a oferta das 1.640 vagas em 37 cursos de graduação disponíveis para o próximo ano. As inscrições são gratuitas e ocorrem entre os dias 22 de dezembro a 23 de janeiro de 2015, exclusivamente via internet, no endereço eletrônicowww.unifap.br/depsec.

A realização das provas do Enem não garante inscrição automática no PS da Universidade Federal do Amapá. Por isso, todos os que almejam ingressar na instituição devem ficar atentos aos prazos e normas do edital.  Assim como no ano passado, 50% das vagas (820) serão preenchidas por candidatos que tenham realizado a prova do Enem 2013 ou 2014; e os outros 50% serão destinadas ao preenchimento por meio do Sistema de Seleção Unificada – SISU. 

Isso significa que os concorrentes que realizaram a prova do Enem 2014 podem disputar vagas em ambas as modalidades de ingresso, com exceção do curso de Matemática e dos cursos do Campus de Oiapoque. Após ingressarem via Enem, os candidatos ao curso de Matemática passam por uma fase de aptidão que ocorre durante o primeiro semestre letivo. As vagas para os cursos de Oiapoque serão preenchidas 50% via Enem e a outra metade em processo seletivo específico.

Trinta e sete cursos de graduação serão ofertados. Dos quais 29 irão funcionar no Campus Universitário Marco Zero do Equador, em Macapá-AP; um no Campus Universitário de Santana em Santana e sete cursos funcionarão no Campus Oiapoque – Binacional. 

Cotas - No ato da inscrição, os candidatos também precisam indicar em que condições desejam concorrer às vagas, ou seja, se desejam participar do Sistema de Cotas.  Neste certame, 37,5% de suas vagas preenchidas por candidatos que cursaram integralmente o ensino médio em escolas públicas. Destas, 264 vagas são reservadas para candidatos que se autodeclararem pretos, pardos ou indígenas e 65 aos que declararem renda per capita de 1,5 salários mínimo.