Principal > Bibliotecas da Unifap realizam evento em alusão ao Dia Nacional do Livro e da Biblioteca - 31/10/2018 - 1743601 - JACQUELINE FREITAS DE ARAUJO

Bibliotecas da Unifap realizam evento em alusão ao Dia Nacional do Livro e da Biblioteca

As bibliotecas da Universidade Federal do Amapá (Unifap) realizam, no período de 29 de outubro até o mês de novembro, ações nos quatro campi da Instituição que integram a Semana Nacional do Livro e da Biblioteca. O evento iniciou na segunda-feira (29), no campus de Santana, e pretende incentivar a leitura e comemorar o Dia Nacional do Livro e da Biblioteca, celebrado no dia 29 deste mês.   

A programação contará com exibição de filmes, palestras, mesas-redondas, oficinas e programação cultural. Nesta quarta, 31, o evento será finalizado com um sarau, às 17h, no campus universitário de Santana e iniciou no campus Marco Zero do Equador, em Macapá (AP), com palestras sobre plataformas digitais de pesquisa em informação e como elaborar artigos científicos. O evento encerrará nesta quinta-feira, 1º de novembro, e os detalhes da programação podem ser conferidos aqui. Já no campus do Oiapoque, a semana será realizada de 6 a 9 de novembro e no de Mazagão a data ainda será definida, mas ocorrerá também no próximo mês.         

O bibliotecário Mário Lima Júnior, membro das equipes das bibliotecas que organizaram a Semana, explica que o objetivo geral do evento é disseminar a questão da leitura. "O objetivo da Biblioteca é tentar fazer com que o aluno tenha mais intimidade com a biblioteca, com a leitura, e não só com o objetivo que tem uma biblioteca universitária de ser fonte de informações científicas, mas também de trazer o leitor para o mundo da literatura e de outras leituras que possam ser incorporadas no dia a dia dele", observa.

Nos campi Marco Zero, Binacional do Oiapoque e Mazagão, a programação da Semana será marcada pelo equilíbrio entre assuntos acadêmicos e literários. Já o evento no campus Santana foi voltado mais para o encontro da literatura com a cultura pop.

"Como somos da área científica, trabalhamos muito com material que chamamos de 'literatura cinzenta', cuja divulgação fica somente no meio acadêmico. Então, pensei em uma programação voltada para a cultura pop, em utilizar a literatura em geral, com foco nos livros, mas em um universo mais amplo e foi nesse sentido que pensei no tema do evento", explica Bruno Santos, bibliotecário do campus Santana.

O acadêmico do terceiro semestre de Filosofia, Adriel Neves, acompanhou toda a programação da semana no campus Santana e acredita que eventos como esse estimulam a leitura.   

"Eu tenho tentado criar o hábito da leitura. A partir do momento que eu entrei na Unifap, no curso de Filosofia, ele me ensinou a ter esse prazer de buscar a leitura e escrever mais. E esse é um evento que te instiga a querer ler mais e buscar conhecimento (...) e isso nos traz uma visão crítica, política, social, para aprender a ver a sociedade de uma forma diferente", avalia Adriel Neves.   

Incentivo  ̶  A Semana Nacional do Livro e da Biblioteca foi instituída pelo Decreto n° 84.631, de 1980, com o objetivo de estimular o hábito da leitura e o acesso à informação, além de difundir o papel das bibliotecas como um instrumento de democratização do acesso à informação, bem como a diversas manifestações artístico-culturais. O mesmo decreto definiu o Dia do Bibliotecário, comemorado em 12 de março.

  • 1
  • 2
  • 3
  • 3
  • 4
  • 5
  • 6
  • 7
  • 8
  • 9