Principal > Campus Binacional de Oiapoque recebe primeiro debate entre reitoráveis hoje, 16 - 16/05/2018 - 1536278 - KLEBER SOARES DA SILVA

Campus Binacional de Oiapoque recebe primeiro debate entre reitoráveis hoje, 16

O primeiro debate, de uma série de seis previstos na Consulta Prévia para escolha reitor (a) e vice-reitor (a) da Universidade Federal do Amapá (Unifap), ocorre na noite de hoje, 16, no campus Binacional do Oiapoque.  Quatro chapas se inscreveram esse ano para participar do pleito universitário. Devido à alteração no calendário de debates, o último está previsto para ocorrer no campus Santana, no dia 04 de junho.

Antes haverá debate no campus Marco Zero, nos dias 21, 23 e 25 de maio (manhã, tarde e noite, respectivamente); e no campus Mazagão, na data de 28 de maio (tarde).  A regra do debate define que a ordem de fala das chapas será feita por sorteio, realizado antes do 1º bloco. Para os blocos seguintes segue-se a alternância. A partir do segundo bloco haverá um intervalo de cinco minutos.

Serão quatro blocos no total. O primeiro destinado para falas dos candidatos e apresentação das chapas. A segunda parte do debate será composta por um círculo fechado de perguntas (candidato para candidato), com tempo de 1m para pergunta, 2m30s para reposta, 1m30s réplica e 1m para tréplica.  Serão três perguntas, cada uma referente a um dos temas a serem debatidos: ensino, pesquisa, extensão e gestão; e três respostas.

O terceiro bloco será aberto para perguntas da plenária.  Os membros da Comissão Eleitoral de Consulta Prévia serão responsáveis por recolher perguntas que deverão ser postadas em três urnas temáticas (ensino, pesquisa, extensão e gestão) que estarão abertas e visíveis no local onde ocorrerão os debates, para que a plenária possa depositar as suas perguntas. Posteriormente, uma será sorteada, filtrada e lida pelo mediador. Logo após, o candidato responde até que cada candidato responda um total de três perguntas, uma por tema.

Na pergunta oriunda da plenária deverá constar o nome e o segmento do indagador (docente, técnico, discente ou comunidade). A pergunta sem identificação será anulada e a pergunta depositada em urna com a temática inadequada será descartada. As indagações não poderão ser ofensivas à honra e à imagem de candidatos. As respostas serão de, no máximo, 2m30s, sem direito à réplica por parte da plenária nesse bloco.

A quarta e última parte é reservada para a fala final de 2m30s de cada um dos candidatos. O tempo total aproximado para os debates é de 2h8m, considerando apenas o tempo das perguntas, repostas e intervalo. Se, porventura, houver situações que fujam à regra estabelecida, essas deverão ser resolvidas e debatidas entre os membros da Comissão da Consulta Prévia.