Principal > Projetos de pesquisa da Universidade serão apresentados durante a “Vitrine da Ciência no Meio do Mundo” - 15/12/2017 - 1536278 - KLEBER SOARES DA SILVA

Projetos de pesquisa da Universidade serão apresentados durante a “Vitrine da Ciência no Meio do Mundo”

A Universidade Federal do Amapá (Unifap) vai apresentar sete projetos durante a “Vitrine da Ciência no Meio do Mundo”, organizada pelo Governo do Amapá em parceria com diversas instituições de ensino e pesquisa do estado, o evento ocorre na próxima segunda-feira, de 14h às 20h, no Garden Shopping. Objetivo é difundir e popularizar tecnologias desenvolvidas no estado. A programação envolve instituições estaduais, federais e particulares.

A Vitrine, totalmente gratuita, contará com exposições, oficinas e minicursos. A coordenação de cada instituição usará os espaços para trabalhar atividades como xadrez, “Tenda Aprender com a Luz”, produção de sabão e de biodiesel, robótica, entre outras. “Em parceria com as principais instituições de pesquisa do estado, queremos divulgar alguns dos projetos que tenham como foco principal, levar conhecimentos científicos de maneira informal e acessível ao grande público”, explicou o secretário de estado da Ciência e Tecnologia, Rafael Pontes.   

A Unifap vai apresentar aos participantes a Olimpíada de Química; oficina de experimentos: luz negra, camaleão químico, reações colorimétrica; modelagem medicinal (exposição através de computadores); exposição sobre o Programa de Inclusão Acesso e Permanência – PIAP;  exposição de materiais do curso de Química intitulado “Do casulo a seda”; Modelando Robô ( Robótica Tucuju); e a pesquisa  que comprova eficácia da sucupira no combate à larva do Aedes aegypti e Culex.

Na oficina preparada pela professora Anna Eliza Maciel, será apresentada a avaliação da atividade larvicida de produtos nanoestruturados desenvolvidos dos frutos da sucupira branca frente aos mosquitos Aedes Aegypti (transmissor a dengue, o zika vírus, a febre amarela e a chikungunya) e Culex (transmissor de doenças como filariose linfática ou elefantíase). “Esse evento marca a presença da Unifap como instituição de pesquisa de ponta com forte cunho social no Amapá, e é ao mesmo tempo representativo no que diz respeito à interação entre as demais instituições de pesquisa e o Governo do Estado”, avaliou a coordenadora do evento no âmbito da Unifap, professora Simone Delphim.

Participam ainda a Secretarias de Estado da Ciência e Tecnologia (Setec), da Educação (Seed), a Universidade Federal do Amapá (Unifap), o Instituto Federal do Amapá (IFAP), a Universidade Estadual do Amapá (UEAP), o Instituto de Pesquisas Cientificas e Tecnológicas do Estado do Amapá (Iepa), a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), o Centro de Gestão da Tecnologia da Informação (Prodap), o Centro de Ensino Superior do Amapá (Ceap) e o Club Mirzam.