Principal > Unifap forma primeira turma de Engenharia Civil - 25/03/2019 - 1126189 - CLEIDE DO SOCORRO MORAES DE AZEVEDO

Unifap forma primeira turma de Engenharia Civil

A sociedade amapaense ganhou os primeiros 11 engenheiros civis formados pela Universidade Federal do Amapá (Unifap). A cerimônia de colação de grau ocorreu na última quinta-feira, 21, no auditório do Museu Sacaca, em Macapá (AP), e contou com a participação de mais de cem pessoas, entre formandos, familiares e amigos, além de representantes da Instituição.

O formando Edson Bentes já é graduado em Física, mas sempre almejou cursar Engenharia Civil."[O curso] alcançou minhas expectativas por ser uma graduação muito abrangente, por possuir disciplinas nas áreas de Construção Civil, Estruturas, Geotecnia, Recursos Hídricos e Transportes. É um curso novo que já começou a formar profissionais que vão ajudar o estado do Amapá em seu desenvolvimento. O sentimento é de felicidade por ser a turma pioneira e também de  gratidão aos professores que não mediram esforços em compartilhar os seus conhecimentos", afirmou.

Para o vice-coordenador da graduação, Dennis Pureza, a colação de grau da primeira turma do curso tem um significado especial para todos os professores e técnicos envolvidos na formação dos acadêmicos. Ele ressalta ainda que essa é a primeira turma de engenheiros formados não só da Unifap, mas do estado do Amapá.

"[A formatura] significa também que o curso consegue alcançar um novo nível de maturidade. Pela primeira vez conseguimos fechar um ciclo todo e isso traz um nível maior de maturidade a todos os envolvidos, até no entendimento de como ele funciona e o que podemos fazer para, a partir de agora, melhorar o funcionamento do curso a partir das experiências que obtemos nesses cinco anos", avalia Dennis Pureza.

Sobre o curso

O curso de graduação em Engenharia Civil da Unifap foi criado em 2014 e tem a duração de cinco anos. A teoria aprendida no decorrer do curso visa dotar o estudante de uma formação em consonância com a legislação vigente e as necessidades atuais do mercado de trabalho. A prática desenvolvida ao longo da graduação constitui-se em visitas técnicas, atividades complementares, iniciação científica, estágio supervisionado, entre outros.

A graduação conta com 12 professores, entre especialistas, mestres e doutores, e cerca de 200 alunos. O curso conta com projetos de pesquisa e três de extensão em andamento, o Escritório Modelo, o projeto "Minerva" (promoção de ações que incentivem o desenvolvimento da ciência na área da engenharia por mulheres)  e o programa de rádio "Discutindo Engenharia para Comunidade”, veiculado na Rádio Universitária 96,9, e mais um recém-aprovado que montará um banco de dados de instituições para estágios na área . O curso também participa do desenvolvimento do projeto Macapá 300 Anos, da Prefeitura Municipal de Macapá, e do TedPlan/Funasa/Unifap, junto com o curso de Ciências Ambientais.   

Saiba mais sobre o curso em http://www2.unifap.br/engcivil/.

 

*Fotos:AER/Unifap e Edson Bentes. 

  • imagem 1
  • imagem 2
  • imagem 3
  • imagem 4
  • imagem 5