MEC monitora ações de combate à Covid-19 nas Universidades e Institutos federais

MEC monitora ações de combate à Covid-19 nas Universidades e Institutos federais

Compartilhe:

 

A plataforma disponibiliza, entre outras informações, dados sobre quantitativo das ações e população atendida.

O PORTAL de Monitoramento mostra que as instituições federais de ensino da região Norte já realizaram 1.245 ações, beneficiando  31,4 milhões de pessoas. Entre as ações desenvolvidas, estão os serviços de aconselhamento e/ou apoio psicológico, produção de álcool em gel, glicerinado ou álcool 70%, e  fabricação de equipamentos de proteção individual com impressoras 3D.

As ações ainda contemplam o assessoramento às secretarias municipais e estaduais de saúde, capacitação de profissionais, empréstimo de equipamentos, cessão de espaços, realização de exames para diagnosticar a Covid-19, entre outros. No SITE também é possível saber como estão as atividades administrativas em cada uma das IFEs. A ferramenta, que pode ser acessada pela internet, é atualizada pelas próprias instituições.

O objetivo é verificar em tempo real as redes federais, estaduais, municipais e do Distrito Federal, para saber onde e como o governo pode agir de maneira mais efetiva, sempre em conjunto com os organismos federativos, entidades representativas e as próprias instituições.

Funcionamento das IFE`s Região Norte

Das 18 Instituições Federais de Ensino da Região Norte, entre universidades e institutos, apenas três estão com funcionamento normal para as atividades administrativas. As demais estão em atividades remotas, parciais ou suspensas. As pós-graduações encontram-se, na sua totalidade, suspensas, parciais ou remotas.

Na UNIFAP, todas as ações estão sendo inseridas no Plano de Contingência COVID-19 e no página especial: http://www.unifap.br/coronavirus/

Painel do Funcionamento das Universidades, atualizado em 23 de abril. Imagem: Reprodução/Site

 

Aulas

As aulas presenciais estão suspensas em 10 das 11 universidades federais do norte. Apenas a Universidade Federal do Oeste do Pará (UFOPA) desenvolve aulas remotas, via Educação a Distância (EaD). Nos institutos, 3 dos 7 presentes da região norte estão com aulas suspensas, 3 prosseguem com atividades remotas e um instituto com aulas parciais, o Instituto Federal de Ensino do Tocantis (IFTO). 

Prorrogação das aulas remotas

O MEC publicou Portaria nº 395, de 15 de abril de 2020, que prorrogou, por mais trinta dias, o prazo previsto no § 1º do art. 1º da Portaria nº 343, de 17 de março de 2020, que versa sobre a autorização, em caráter excepcional, a substituição das disciplinas presenciais, em andamento, por aulas que utilizem meios e tecnologias de informação e comunicação.

A Universidade Federal do Amapá (UNIFAP) não adotou a medida de aulas remotas e suspendeu, por tempo indeterminado, o calendário acadêmico e atividades administrativas no campus, por meio da Resolução nº 7 de 30 de março de 2020, ad referendum.

O Portal

A plataforma proporciona que as ações das instituições cheguem de maneira atualizada a milhões de brasileiros. Ao todo, são quase 1,2 mil ações realizadas por 110 universidades, institutos federais, centros federais de Educação Tecnológica (Cefets) e Colégio Pedro II. Essas ações beneficiam 75,4 milhões de pessoas.

Acesse todas as informações em: http://portal.mec.gov.br/coronavirus/


Conheça as Redes Oficiais da UNIFAP:

Facebook  – www.facebook.com/unifapoficial/   Twitter – twitter.com/unifapoficial
Instagram – www.instagram.com/unifapoficial/Flickr – www.flickr.com/photos/unifap-oficial/ 

ATENÇÃO – As informações, as fotos, imagens e os textos podem ser usados e reproduzidos, integral ou parcialmente, desde que a fonte seja devidamente citada e que não haja alteração de sentido em seus conteúdos. Crédito para textos: ASSESP UNIFAP. Crédito para fotos: ASSESP UNIFAP.

Compartilhe:
Fechar Menu